SOS LÍNGUA PORTUGUESA

SOS LÍNGUA PORTUGUESA
Tire suas dúvidas. Faça perguntas!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

MORFOLOGIA 2

               II -  PROCESSOS   DE   FORMAÇÃO  DE PALAVRAS    
                                    CONCEITOS  BÁSICOS
PALAVRA  PRIMITIVA : base para formar outras. Ex.: ferro
PALAVRA  DERIVADA : forma-se   a   partir  da  primitiva. Ex.: ferreiro      
• PALAVRA SIMPLES:  tem    um  radical:  Ex.: pé,  ponta,  chuva,  guarda
• PALAVRA  COMPOSTA:  tem  mais  de  um  radical. Ex.: pontapé,  guarda-chuva

A-PRINCIPAIS  PROCESSOS
  1)DERIVAÇÃO -  Um  radical  mais  um  prefixo  ou  um  sufixo,  ou  os  dois.
      a)Derivação  prefixal -  prefixo + radical: desleal,  incapaz...                                 
        b)Derivação   sufixal  -  radical + sufixo:  dentista, jogador...
     
c)Derivação  prefixal  e  sufixal  -
prefixo + radical + sufixo (independentes): infelicidade    (infeliz/felicidade),   infelizmente  (infeliz/felizmenre)...
   
   d)Derivação  parassintética  -  prefixo + radical + sufixo(dependentes):entardecer (entarde ? tardecer ?),   anoitecer (anoite/  noitecer?)...
 
       e)Derivação  regressiva -  substantivo  vindo  de  verbo,  perdendo  o  R  e,  às vezes,  mudando o fonema  final:  o estudo (estudar), o  combate (combater),  a dança (dançar),  o  jogo  (jogar)... São substantivos chamados deverbais, pois se derivam de verbos.
       f)Derivação   imprópria  -   palavra  usada  fora  da  sua   classe  gramatical  normal  ou  função  normal:    O  andar da  menina  era  belo. (verbo = substantivo)  Ele fala alto.(adjetivo =  advérbio)   Seu  nome  era  Rosa. (substantivo  comum  = substantivo  próprio)                                      

   2)COMPOSIÇÃO -  Juntar  duas  ou  mais  palavras  para  formar  outra.
       a)Composição  por  justaposição -  As  palavras  se  juntam,  mas  não  perdem  fonema  e  nem  letra:  girassol,  pontapé,  passatempo,  cor-de-rosa...
       b)Composição  por  aglutinação -  As  palavras  se  juntam  e  sofrem  perda  de  fonemas  e  letras:  planalto,  pernalta,  embora,  fidalgo,  pernilongo...

B-PROCESSOS  ESPECIAIS   -  Não  se  enquadram  nos  anteriores.
     1)Hibridismo -  Forma  de  composição  em  que  são  usadas  palavras  de  outras  línguas,  principalmente  latim  e  grego.   Ex.:  televisão  (do  grego  tele  +  visão  do  latim),  sambódromo (do  africano  samba  +  dromo  do  grego),   burocracia  (do  francês  bureau  +  cracia  do  grego)...
    2)Onomatopeia  -  Palavras  que  representam  sons. Ex.:  psiu,  pingue-pongue,  zum-zum,  ti-ti-ti,  cri-cri-cri...
    3)Reduplicação  (redobro)  -  Composição  em  que  se  repete  a  mesma  palavra.  Ex.:  puxa-puxa,  pisca-pisca,  quebra-quebra,  empurra-empurra,  corre-corre...
       Observação:  Não  são  todos  os  gramáticos  que  apresentam  este  processo  chamado  redupli-cação.
    4)Abreviação – Diminuição  da  palavra  pelo  uso  popular.  Ex:  pneu (pneumático),  quilo (quilograma),  foto (fotografia),  moto (motocicleta),  metrô  (metropolitano),  Zé (José)...
          Observação:  Não  confundir  abreviação  com  sigla,  que  é  a  formação  de  palavras  usando     letras  ou  sílabas  de  outras:  FUNAI,  BANRISUL,  URGS,  URI...

2 comentários:

  1. S. Duarte
    S. Leite

    Parabéns pelo blogue
    Sou administrador do OLP-Observatório da Língua Portuguesa (http://observatorio-lp.sapo.pt/pt).Proponho-vos colaboração: Vamos juntar esforços?
    Abraço do
    Francisco

    ResponderExcluir