SOS LÍNGUA PORTUGUESA

SOS LÍNGUA PORTUGUESA
Tire suas dúvidas. Faça perguntas!!

terça-feira, 3 de maio de 2011

QUESTÕES SOBRE ADVÉRBIOS, PREPOSIÇÕES E CONJUNÇÕES


1.Todas as expressões sublinhadas abaixo presumem uma circunstância de tempo, exceto:
a) “E agora era desejada também”                                 
b) “Naquela noite despertaram...”
c) “..não eram ainda anunciadores de desgraças...”         
d) “A mata dormia seu sono jamais interrompido”.
e) “...já que os homens ainda não haviam chegado...”

2. Observar: “Talvez os profissionais não sintam isso bem, porque quem está envolvido vai indo meio ao sabor das pressões da época”. Os termos destacados são, na ordem em que aparecem:
a) adjetivo oxítono, adjetivo dissílabo;                         
b) advérbio monossílabo, advérbio dissílabo;
c) adjetivo oxítono, advérbio trissílabo;                          
d) advérbio monossílabo, adjetivo monossílabo.

3. Os advérbios em “mente” das alternativas abaixo, designam a mesma circunstância, exceto em:
a) Os soldados combateram estoicamente até a morte.
b) Os fiscais sugeriram ironicamente que os candidatos fossem submetidos a um outro exame.
c) Possivelmente haverá uma nova oportunidade.
d) No momento da discussão, alguns convidados saíram sutilmente sem se despedirem.

4- Assinale a alternativa em que somente advérbios foram acrescentados à frase: “O tempo passou.”
a) O sofrido tempo não passou muito rápido, infelizmente.         
b) O tempo passou bastante, majestoso.
c) Realmente, o tempo passou depressa demais.                            
d) Sim, o curto tempo já passou.

5. “Para um coração mesquinho, / Contra a solidão agreste,/ Luiz Gonzaga é tiro certo.” (Chico Buarque)
                                        Com relação ao termo grifado, diz-se que:
I - embora o termo seja um adjetivo, no texto assume papel de advérbio. Luiz Gonzaga é tiro que acontece de modo certo.
II- se trata de um adjetivo com valor acessório — já que sintaticamente é um adjunto adnominal — sendo, pois dispensável em se tratando do objetivo dos versos.
III- se trata de um adjetivo que carrega todo o sentido dos versos, tornando-se elemento estruturador do texto
                                      Está correto o que se afirma em:
  a) I apenas.                 b) II apenas.                c) III apenas.               d) II e III apenas.

6- “Nessa manhã,  o coronel ia andando devagar entre os cacaueiros. Ali , antes havia uma grande mata.”
      As palavras sublinhadas no período acima relacionam-se, respectivamente, às circunstâncias de:
   a) lugar, tempo, lugar.              b) lugar, modo, causa.           
  c) tempo, modo, lugar.             d) tempo, lugar, tempo.

7. Assinale a frase que não apresenta locução adverbial.
a )“...a vista se perdendo no horizonte...”                            
b) “  É mais seguro ir andando, passo a passo...”
c) “... um homem que vivera nas montanhas...”                    
d) ”... o delicioso sentimento de dignidade e liberdade.”

8. “Ainda  com as palavras da mulher o  aborrecendo,  o leão  subitamente se defrontou com  um pequeno rato.”    As palavras grifadas nessa frase são, respectivamente:
a) preposição, adjetivo, artigo, pronome e verbo.                   
b) pronome, adjetivo, pronome, artigo e advérbio.
c) preposição, substantivo, pronome, artigo e verbo.              
d)pronome, substantivo, artigo, pronome e advérbio.

9. “ Hoje a noite  não tem  luar                              
       E eu  não sei onde te encontrar       
       Pra dizer como é o amor               
       Que eu tenho pra te dar.”
                                                No texto acima    há:
                       a) três preposições;                          b) três  conjunções;
                       c) três advérbios;                              d) três pronomes relativos.

10. A maioria dos advérbios terminados em mente são classificados como advérbios de modo. Quando aplicados ao texto, pode-se descobrir mais da relação que estabelecem com os termos da oração. Desse modo, relacione as colunas de acordo com o que se pede.
I- advérbio caracterizando finalidade descritiva                               
 II- advérbio caracterizando juízo de valor
III- advérbio caracterizando avaliação de quem fala                        
 IV- advérbio caracterizando um critério
(   ) Lamentavelmente, não teremos como concluir os preparativos da festa no prazo previsto
(   ) “A noite obscenamente acesa / Sobre meu país dividido em classes.” (Ferreira Gullar)
(   ) “Em primeiro lugar observemos o avô. Igualmente lancemos um olhar para a avó.”
(   ) Sofregamente, o homem vertia na boca a água que lhe escorria pelo pescoço, pelo corpo, como a matar também a sede da alma.
                                                     A sequência correta:
a) IV— II— III — I        b) III — I — II — IV       c) II — IV — I —III      d) III — I I — IV —I

11. Marque a frase em que o termo destacado expressa circunstância de causa:
a) Agi com calma.                              b) Os mudos falam com as mãos.       
c) Quase morri de vergonha.            d) Aquela rua é demasiado estreita           
                            e) Apesar do fracasso, ele insistiu.

12. Na oração “Ninguém está perdido se der amor...”, a palavra grifada pode ser classificada como:
a) advérbio de modo         b) conjunção adversativa         c) advérbio de condição
           d) conjunção condicional                     e) preposição essencial

13. “Quando eles chegaram...” A palavra sublinhada é:
  a) advérbio          b) adjetivo         c) pronome       d) interjeição       e) conjunção

14.  “...os cipós que se emaranhavam...”. A palavra sublinhada é:
a) conjunção explicativa      b) advérbio interrogativo      c) conjunção integrante
                     d) preposição acidental             e) pronome relativo

15. Em qual frase abaixo, a conjunção ”e” apresenta idéia de adversidade.
a) “... seja essa pequena nota com um PG a lápis e  uma assinatura...”
b) “... revelam apenas a imaginação desordenada e o capricho estranho...”
c) “... respondi com frieza a muita bondade e paguei com ingratidão...”
d) “... que “S.” tenha encontrado em mim um apoio e  não  uma decepção”

16.Assinale a alternativa em que ocorre erro no uso da conjunção ou locução conjuntiva.
a) Podem acusar-me, portanto estou com a consciência tranquila.
h) Que não pedes um diálogo de amor á claro, desde que imponhas a cláusula da meia-idade.
e) Da própria garganta saiu um grito de admiração, que ele acompanhou, embora com menos entusiasmo.
d) Estava distraído, de forma que não o vi passar.

17.A palavra que aparece como conjunção final apenas em:
a) “Que careta feia é essa? Que careta feia!” (Olodum)
b) “... e o marido (...) consentiu  que seu filho lhe dirigisse a palavra.” (Camilo Castelo Branco)
c) “A quem estais carregando irmão das almas? (...) dizei que eu saiba.” (J. Cabral)
d) ”Afastemos indiscretamente uma dobra do reposteiro  que recata a câmara nupcial.”

18.Observar
“Este é um pais rico, ______ a maior parte de seu povo seja muito pobre.”
“É necessário lutar ______ seus sonhos se tomem realidade.”
“Não foi classificado, ______ não. conseguiu realizar a última prova de aptidão.”
“Viajou para o exterior, _______ concluiu seus estudos no Brasil.”
 As locuções conjuntivas que relacionam corretamente as orações acima são respectivamente,
a) já que, para que, uma vez que, visto que.                               
b) ainda que, para que, visto que, logo que.
c) ainda que, mesmo que, apesar de quc, já que.                       
d) mesmo que, desde que, apesar de que, assim que.

19.Observando-se o sentido que uma oração expressa em relação à outra, assinale a alternativa cujas conjunções completam correta e respectivamente os pontilhados do texto abaixo.
“O controle genético do envelhecimento resultará em pessoas capazes de manter por muito mais tempo a saúde física, __________ o corpo humano não foi feito para a imortalidade, ___________ nunca será possível criar seres imortais.”
                  a) mas — portanto                               b) mas — no entanto    
                  c) embora — por isso                         d) portanto — porque

20. Apontar a alternativa que apresenta a conjunção QUE como integrante.
a) “Com efeito, ela diz que, (...) resolveu divulgá-las com a boa intenção de abrir o debate sobre um problema importante.”
b) “São convidados a (...) dar satisfações por causa de faltas que não praticaram?”
c) Há professores que, no dizer do jornal, são improdutivos.
d) “. ..ela crucifica muita gente boa que conhecermos...”

21. Identificar as locuções, na ordem em que aparecem, usando A para adverbial, V para verbal, C para conjuntiva, e assinalara alternativa de sequência correta.
a-(   ) “Falando por hipótese - disse - seria possível...”     
b-(   ) “Florentino Ariza o escutou sem pestanejar.”          
c-(   ) “- Desde que nasci - disse Florentino Ariza..”
d-(   ) “O comandante Samaritano tinha tido que fazê-lo...”        
e-(   ) “Começaram a tomar o café...”
     a)A,A,C,V,V;           b)V,V,A,C,C;           c)A,A,C,C,V;         d)A,V,C,C,V.

22.Assinalar a alternativa que classifique as palavras grifadas como locução adverbial, conjunção,  pronome,
nessa sequência.
I- “. ..ela mesma entestou’                                          
V - “Sendo que, se ele não lembrava mais...”
II - “...sempre que às vezes me louvavam...”             
III - “...me mandando para trás.”
IV - “Sendo que, se ele não lembrava mais...”
V - “...entestou que queria mostrar...”
      a) III, I, II, IV, V;          b) III, IV, V, I, II;             c)I, II, IV,III,V;            d) II, IV, V, III, I.
     
23. "... levaram a adotar"; "a sua morte..."; "... não a pôs..." As três ocorrências do a são, respectivamente:
      a) preposição, pronome, preposição                    d) artigo, artigo, preposição
      b) pronome, artigo, preposição                             e) artigo, pronome, pronome
      c) preposição, artigo, pronome
  
24. Qual alternativa apresenta uma locução prepositiva:
a) abaixo de         b) à direita         c) de repente         d) ao léu       e) de manhã

25. Os termos grifados no período “Seus lábios eram doces” classificam-se, respectivamente, como:
a) numeral, adjetivo, advérbio             b) substantivo, locução adjetiva, pronome     
c) adjetivo, substantivo, pronome       d) pronome, substantivo, adjetivo             
                           e) preposição, adjetivo, substantivo

Gabarito:1-e, 2-d, 3-c, 4-c, 5-c, 6-c, 7-d, 8-c, 9-c, 10-a, 11-e, 12-d, 13-d, 14-e, 15-d, 16-a, 17-c, 18-b, 19-a, 20-a, 21-a, 22-b, 23-c, 24-a, 25-d.

12 comentários:

  1. Parabéns!!! Teu blog Me ajudou muito!
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. gostei desse saite muito silples e achei o qeu estava procurando

    ResponderExcluir
  3. Não consegui fazer nada ! errei tuudo ! TU-DO , Meu Deus, realmente é advérbio ?

    ResponderExcluir
  4. Quando não é Interjeição!!! Verifique a resposta da questão 13

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando é pronome relativo. São aqueles que estabelecem relação entre duas orações, substituindo um termo da oração anterior

      Excluir
  5. 'Quando' é Conjunção Subordinada Temporal, eu acho...

    ResponderExcluir
  6. 13. “Quando eles chegaram...” A palavra sublinhada é:
    a) advérbio b) adjetivo c) pronome d) interjeição e) conjunção

    Gabarito:1-e, 2-d, 3-c, 4-c, 5-c, 6-c, 7-d, 8-c, 9-c, 10-a, 11-e, 12-d, 13-d, 14-e, 15-d, 16-a, 17-c, 18-b, 19-a, 20-a, 21-a, 22-b, 23-c, 24-a, 25-d.

    Erro na questão 13, QUANDO não é interjeição.

    Comumente, as interjeições expressam sentido de:
    Advertência: Cuidado!, Devagar!, Calma!, Sentido!, Atenção!, Olha!, Alerta!
    Afugentamento: Fora!, Passa!, Rua!, Xô!
    Alegria ou Satisfação: Oh!, Ah!,Eh!, Oba!, Viva!
    Alívio: Arre!, Uf!, Ufa! Ah!
    Animação ou Estímulo: Vamos!, Força!, Coragem!, Eia!, Ânimo!, Adiante!, Firme!, Toca!
    Aplauso ou Aprovação: Bravo!, Bis!, Apoiado!, Viva!, Boa!
    Concordância: Claro!, Sim!, Pois não!, Tá!, Hã-hã!
    Repulsa ou Desaprovação: Credo!, Irra!, Ih!, Livra!, Safa!, Fora!, Abaixo!, Francamente!, Xi!, Chega!, Basta!, Ora!
    Desejo ou Intenção: Oh!, Pudera!, Tomara!, Oxalá!
    Desculpa: Perdão!
    Dor ou Tristeza: Ai!, Ui!, Ai de mim!, Que pena!, Ah!, Oh!, Eh!
    Dúvida ou Incredulidade: Qual!, Qual o quê!, Hum!, Epa!, Ora!
    Espanto ou Admiração: Oh!, Ah!, Uai!, Puxa!, Céus!, Quê!, Caramba!, Opa!, Virgem!, Vixe!, Nossa!, Hem?!, Hein?, Cruz!, Putz!
    Impaciência ou Contrariedade: Hum!, Hem!, Irra!, Raios!, Diabo!, Puxa!, Pô!, Ora!
    Pedido de Auxílio: Socorro!, Aqui!, Piedade!
    Saudação, Chamamento ou Invocação: Salve!, Viva!, Adeus!, Olá!, Alô!, Ei!, Tchau!, Ô, Ó, Psiu!, Socorro!, Valha-me, Deus!
    Silêncio: Psiu!, Bico!, Silêncio!
    Terror ou Medo: Credo!, Cruzes!, Uh!, Ui!, Oh!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a questão numero 13° está incorreta não é letra ''d'' e siim letra ''a'' que é adverbio de tempo !

      Excluir
  7. Na questão numero 2, está constando que a palavra MEIO é monossílabo, é isso mesmo? Procurei até no dicionário e vi que é feito a separação de sílaba.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é a questão numero 2 está incorreta pois meio não é monossilabo e sim dissilaba pois ao separar se torna dissilada : MEI-O

      Excluir
  8. olha parabéns entre no mei site e muito bom

    ResponderExcluir