SOS LÍNGUA PORTUGUESA

SOS LÍNGUA PORTUGUESA
Tire suas dúvidas. Faça perguntas!!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

V - ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA

  Estilo de época são características específicas de grupos de autores da mesma época que têm em comum a maneira de se expressar, a escolha do conteúdo e da forma, o conceito de beleza, de arte, de vida. O estilo de época abrange as artes em geral, os costumes e o modo de vida da sociedade. O texto literário geralmente se toma uma manifestação cultural de sua época.

 QUADRO    DEMONSTRATIVO    DAS   ESCOLAS    LITERÁRIAS    NO   BRASIL                                                        


                                        
   ERA
   COLONIAL             


Literatura  de  Informação - 1500

 Literatura  dos  Jesuítas
           
 Barroco  -   1601

 Arcadismo  -  1768
         


     ERA                     
    NACIONAL   





 Romantismo  -  1836

 Realismo / Naturalismo  -  1881
           
 Parnasianismo
         
 Simbolismo  -  1893

 Pré-Modernismo  -  1902

 Modernismo  -  1922





    


                    
                I - QUINHENTISMO  (1500 – 1601)
                                
               1) LITERATURA DE INFORMAÇÃO

1.CONTEXTO
• Ciclo das grandes navegações portuguesas.
. Descoberta e colonização do Brasil (1500-1600).
 2.MARCO INICIAL
. A Carta de Pero Vaz de Caminha (1500). Características:
a) Linguagem — observação, lirismo, descrição, senso de humor, simpatia pelos indígenas;
 b) Assunto — notícia da descoberta e dos primeiros contatos com a nova  terra e seus habitantes;
e) Ideologia — objetivos mercantilistas e expansão do Catolicismo.
3.OUTRAS OBRAS
. Diário de navegação, escrito por Pero Lopes de Sousa; roteiro da expedição de Martim Afonso de Portugal ao Brasil.
. História da Província de Santa Cruz, a que vulgarmente chamamos Brasil, escrita por Peso de Magalhães Gandavo; primeira história do Brasil.
.Tratado descritivo do Brasil, escrito por Gabriel Soares de Sonsa; obra mais completa sobre o Brasil do século XVI.
Diálogos das Grandezas do Brasil, atribuído a Ambrósio Fernandes Brandão; obra ufanista e realista sobre as riquezas do Brasil e a colonização portuguesa.
4.CARACTERÍSTICAS
. Não se trata de obras artísticas (poesia/romance), mas de diferentes tipos de documentos sobre o Brasil e seus habitantes (história, geografia, etnografia, flora, fauna, clima...).
.  Relatos escritos por cronistas viajantes e missionários.
. Deslumbramento do português pela terra = sentimento nativista, ufanista - gênese do sentimento nacionalista (marca constante da Literatura Brasileira; cf. Romantismo, Modernismo).

              2) LITERATURA DOS JESUÍTAS

1.CARACTERÍSTICAS
• Produzem sobretudo Cartas, Relatórios, Anuários, contendo informes detalhados sobre o Brasil de então: a terra, seus habitantes, a vida dos colonos, a catequese, etc.
2.AUTORES
Pe. Manuel da Nóbrega — Diálogo sobre a conversão do gentio (obra de caráter literário).
Pe. Fernão Cardim — Tratados da Terra e Gente do Brasil (linguagem bem-humorada, admirativa e simpática em relação ao indígena e à terra).
Pe. José de Anchieta — Poeta e teatrólogo (oito autos); principal figura literária do Quinhentismo. Teatro: alegorias que representam a luta entre o Bem e o Mal, com evidente vitória do primeiro. Poesia: tanto influência medieval como influência renascentista.

Um comentário:

  1. Muito Obrigado pois ñ conhecia e agora q sei poderei visitar senpre...

    ResponderExcluir