SOS LÍNGUA PORTUGUESA

SOS LÍNGUA PORTUGUESA
Tire suas dúvidas. Faça perguntas!!

sábado, 15 de janeiro de 2011

MORFOLOGIA 3.5

                           5 - PRONOMES                                      
          Palavras  que  se  usam  no  lugar   dos  nomes   (substantivos)  ou  junto  com  eles.    
 Ex.:   Ele  obedeceu  (no  lugar  do  nome)   Meu  amigo   chegou  (junto  com  o  nome  “amigo”)
Pronome  substantivo -  O que  é usado  no  lugar  do  nome:  Ele  é  meu  amigo.
Pronome   adjetivo -  O  que  é  usado  junto  com  o  nome:  Meu  amigo  chegou.
                              I-PRONOMES    PESSOAIS                                                
                    A)QUADRO  DOS  PRONOMES PESSOAIS


    PRONOMES
         RETOS
        OBLÍQUOS

SINGULAR
EU
TU
ELE(A)            
ME, MIM, COMIGO
TE, TI, CONSIGO
SE, SI, CONSIGO, O. A, LHE

PLURAL
NÓS
VÓS
ELES(AS)
NOS, COM NÓS, CONOSCO
VOS, COM VÓS,CONVOSCO
SE. SI. CONSIGO, OS, AS,LHES











B-USO  DOS  PRONOMES  PESSOAIS
    
     a)Os  pronomes  pessoais  do  caso  reto    podem  ser  usados  como  sujeito  do  verbo. Ex.: Nós saímos  cedo.  Ele  é  interessado.
     b)Os  pronomes  pessoais  do caso  oblíquo    podem  ser  usados  como  objetos  diretos  ou  indiretos.  Ex.:  Encontrei-os  na  rua.   (os  =  eles)
Observações:                                                                                                                                                       
*  Caso  quisermos  usar  pronomes  retos  como  objetos,  eles  deverão  ser  acompanhados  de preposição.  Ex.:  Encontrei  a  eles  na  rua                                                                                  
*  O,  a,  os,  as   são  pronoms  pessoais  oblíquos  quando  usados  no  lugar  de  ele,  ela,  eles,   elas.  Ex.: Encontrei-a  na  festa.   (a  =  ela)
*  Os pronomes oblíquos o, a, os, as  podem   assumir   algumas variações.                                          
    . Formas  lo,  la,  los,  las  (A forma verbal termina em vogal.)                                 
      Ex.: Vou vendê-la amanhâ.  (vender “ela”)                                 
    . Formas  no,  na,  nos,  nas (A forma verbal termina em som nasal.)
      Ex.: Venderam-nas  muito  bem.  (depois  de  som  nasal        
   
c)Uso  de  EU/TU  -   MIM/TI:
        *  Quando  forem  sujeito  de  algum  verbo,  devemos  usar  eu  e  tu.                  
           Ex.:  Este  livro  é  para  eu  ler  e  não  para  tu  leres.
        *  Quando  forem  complemento,  devemos  usar  mim  e  ti.                              
            Ex.:  Este  livro  é  para  mim.  (Não    verbo  do  qual  seja  sujeito)
       *  Com  a  preposição  entre,  não  devemos  usar  eu  e  tu. Usam-se  mim  e  ti.    
           Ex.:  Não    nada  entre  mim  e  ele.   Entre  ele  e  mim  nada  aconteceu.
d)Oblíquos  como  sujeito:    
        *  Podem  ocorrer  em  frases  como: Fizeram-me  trabalhar  (Fizeram  eu  trabalhar)
e) Se,  si,  consigo:  
        *    podem  ser  usados  como  pronomes  reflexivos.  Portanto,  nunca  se  deve  usá-los  em  relação  a  outra  pessoa.  Ex.:  Ele  se  enganou.  Olhava   para  si  mesmo.  Trazia  consigo  os  documentos.
f) Conosco/convosco – com nós/com vós:
        *  Usa-se  com  nós  ou  com  vós  somente  se  após  aparecerem  palavras  como    
 mesmos,  próprios,  ambos,  todos ou algum numeral. Ex.:  Querem  falar  com  nós  dois.  Ele  viajará  com  nós  todos.  O diretor quer falar com nós ambos.
        * Se  isto  não  ocorrer,  use   conosco  ou  convosco.                                        
           Ex.: Querem  falar  conosco.
g) Quanto  aos  pronomes  de  tratamento  podemos  destacar:


           PRONOMES                      
 ABREVIATURAS     
  USADOS  PARA
Você                                         Senhor(es)               
Senhora(s)                       
Vossa(s)  Senhoria(s)  
Vossa(s)  Excelência(s)
                                 
 --------              
Sr.  -  Srs.            
Srª. - Srªs.
V.     -  V.  
V.  Exª  -  V.  Exªs.
Informalidade 
Respeito em geral
Respeito em geral
Autoridades menores
Autoridades maiores











Observações:  Os  demais  pronomes  de  tratamento,  como  Vossa  Alteza  (príncipes),  Vossa  Majestade  (reis,  imperadores),  Vossa  Eminência (cardeais),   Vossa  Santidade (papa),  Vossa   Magneficência  (reitores)  e  outros  não  muito  usados  na atualidade.  Destaque-se ainda  o  uso  de  tratamentos  como:
*   Excelentíssimo  -   quando  é  o  caso  de  usar  também  Vossa  Excelência.
*  Digníssimo,  Muito  Digno,  Ilustríssimo  -  quando  se  usar  também  Vossa Senhoria.                                                                                                                                                     
*  Vossa  Senhoria  e  Vossa  Excelência  somente  são  usados  quando  estamos  nos dirigindo  à  própria  autoridade.  Se  estivermos  falando  sobre  ela,  em  sua   ausência,  devemos  usar  Sua  Senhoria  ou  Sua  Excelênc

                                 II-PRONOMES   POSSESSIVOS
                            Dão idéia de posse às pessoas do discurso.
                        A-QUADRO DOS PRONOME  POSSESSIVOS


   PESSOAS
SINGULAR
PLURAL
SINGULAR
PLURAL
    
Meu,  minha
Meus,  minhas
Nosso,  nossa
Nossos,  nossas
  
Teu,  tua
Teus,  tuas
Vosso,  vossa
Vossos,  vossas
  
Seu,  sua
Seus,  suas
 Seu,  sua
Seus,  suas


                             
                   
   
                    B)EMPREGO  DOS  PRONOMES  POSSESSIVOS:
   a)Concorda  em  pessoa  com  o  possuidor  e  em  gênero  e  número  com  a  coisa   possuída.  Ex.:   Eu    não  sou  dono  das  minhas  palavras.
   b) Se  o  uso  de  seu(s)  e  sua(s)   puderem   gerar  ambiguidade,  use  dele(s)  ou  dela(s).  Ex.:  Ele não aceitou   a   sua  nomeação. (?)     Ele  não  aceitou  a  nomeação.
   c) Seu  pode  ser  um  pronome  de  tratamento  se  equivaler  a  Senhor.              
        Ex.:  Seu  Antônio  não  veio.
   d) Os  possessivos   seus (suas)  pode  ser  usado  com  sentido  de  aproximação.   
        Ex.:   Ele  terá  hoje  seus  trinta  anos.
    e) Os  pronomes  de  tratamento  levam  o  possessivo (e outras palavras referentes  a  eles) para  a    pessoa.  Ex.:Vossa Excelência  e  seus  acompanhantes  queiram  aproximar-se.
    f) Referindo-se  a  mais  de  um  substantivo,  o  possessivo  concorda  com  o  que  estiver  mais  próximo.  Ex.:  Peço  sua  colaboção  e  apoio.
    g) Os  pronomes  pessoais  oblíquos  me,  te,  se, nos ,vos,  lhe,  lhes  podem  ser  usados  com valor  de  pronomes  possessivos.  Ex.:  Feriram-me  as  mãos.(minhas mãos.Cortaram-lhe  o cabelo. (seu cabelo).Roubaram-nos os tênis. (nossos tênis).

Nenhum comentário:

Postar um comentário