SOS LÍNGUA PORTUGUESA

SOS LÍNGUA PORTUGUESA
Tire suas dúvidas. Faça perguntas!!

sábado, 27 de agosto de 2011

REDAÇÃO 2: AS RELAÇOES DE CAUSA E CONSEQUÊNCIA

                O esquema de dissertação nº 2 pode ser utilizada quando lhe for  apresentada uma afirmação que possibilite facilmente a verificação de uma causa e de uma conseqüência. Ocorre da seguinte maneira: você recebe um tema (afirmação) e busca encontrar uma causa da situação proposta pelo tema e, em seguida, uma consequência provocada por essa situação.
                   
                                     Como encontrar a causa e a conseqüência?

                 Verifique o procedimento. Partimos inicialmente de um tema:
                    
                   Constatamos que, no Brasil, existe um grande número de correntes     
           migratórias que se deslocam do campo para as pequenas ou grandes cidades.

             Para encontrarmos uma causa, perguntamos POR QUÊ? ao tema acima. Dentre as  respostas possíveis, poderíamos citar o seguinte fato: 
                                                                                  
             A  zona  rural  apresenta inúmeros problemas que dificultam  a  permanência do homem  no  campo.

              No sentido de encontrar uma consequência  do problema enfocado no tema acima, cabe a seguinte pergunta: O que acontece em razão disso? Uma das possíveis respostas seria:

             As cidades encontram-se despreparadas para absorver esses migrantes   e  oferecer-lhes condições de subsistência  e  de  trabalho.

Assim,  temos  o:                          Esquema  de  dissertação    2
                                                                         Título
1º parágrafo

Apresentação  do  tema,  com  rápido  comentário.
Introdução
2º parágrafo

3º parágrafo
Causas,  com  explicações  e  exemplos  concretos.  Conseqüências,    com  explicações  e  exemplos  concretos.

Desenvolvimento
  parágrafo
Expressão  inicial  +  reafirmação  do  tema  +  observação  final
Conclusão
          
        As causas e consequências citadas no exemplo acima, podem ser perfeitamnte substituídas por outras, encontradas por você, desde que tenham relação direta com o assunto.

Exemplo  de  dissertação:

                              O  PROBLEMA  DAS  CORRENTES  MIGRATÓRIAS
                         
        Todos sabemos que, em nosso pais, há muito tempo, observa-se um grande número de grupos migratórios, os quais, provenientes do campo, deslocam- se em direção às cidades, procurando melhores condições de vida.
            Ao examinarmos algumas das causas desse êxodo, verificamos que a zona rural apresenta inúmeros problemas, os quais dificultam a permanência do homem no campo. Podemos mencionar, por exemplo, a seca, a questão da distribuição da terra e a falta de incentivo à atividade agrária por parte do governo.  A vida no campo torna-se cada vez mais difícil para quem tem poucos recursos.
      Em  consequüência disso, vemos, a todo instante, a chegada desse enorme contingente de trabalhadores rurais ao meio urbano. As cidades encontram-se despreparadas para absorver esses migrantes e oferecer-lhes condições de subsistência e de trabalho. Cresce, portanto, o número de pessoas vivendo à margem dos benefícios oferecidos por uma metrópole; por falta de opção, dirigem-se para as zonas periféricas e ocasionam a proliferação de favelas. Sem escolarização adequada, vive de subempregos e muitos acabam deslizando para a marginalização.
         Por tudo isso, só nos resta admitir que a existência do êxodo rural somente agrava os problemas do campo e da própria cidade. Fazem-se, portanto, necessárias que os governos ofereçam algumas medidas para tentar fixar o homem na terra. Assim, os cidadãos rurais e urbanos deste país encontrariam, com certeza, melhores condições de vida.

6 comentários:

  1. Amei A postagem muito bom, espero que irá me ajudar muito.. Parabéns Pelo blog...

    ResponderExcluir
  2. Essa lição está no livro Técnicas de Redação de Branca Granatic, não é dessa pessoa que escreve no blog. não li nada que dê o crédito à autora e isso é crime.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, obrigada. Isso sim é uma redação simples e objetiva. Não é aquele monte de palavrinhas bonitas pra enfeitar um texto pobre. Parabéns.

    ResponderExcluir