SOS LÍNGUA PORTUGUESA

SOS LÍNGUA PORTUGUESA
Tire suas dúvidas. Faça perguntas!!

quinta-feira, 8 de março de 2012

REVISÃO DE CONTEÚDOS I

1- O principal objetivo do Movimento Modernista de 1922 foi:
(A) tentar preservar a história da arte brasileira tradicional.
(B) implantar no País as idéias sociais e econômicas do Futurismo europeu. .
(C) não criar polêmica entre os autores nacionais já consagrados.
(D) Construir uma cultura brasileira a partir dos valores nacionais e-do cotidiano na literatura.
(E)destruir definitivamente os valores políticos da época.

INSTRUÇÃO: Para responder  à  questão 2, leia atentamente o poema abaixo, de Oswald de Andrade.

PRONOMINAIS
Dê-me um cigarro
Diz a gramática
Do professor e do aluno
E do mulato sabido
Mas o bom negro e o bom branco
Da nação brasileira
Dizem todos os dias
Deixa disso ,camarada
Me dá um cigarro.

2-  A partir do poema é possível afirmar que o poeta:
(A) está pouco se importando com o uso da língua, como  bom modernista.
(B) é radical quanto ao uso da língua portuguesa pelos brancos.
(C) propõe deixar de lado as questões da língua formal e falar como o povo fala.
.(D) está questionando o uso de dois pronomes retos.
(E) só quer inovar, não sabendo onde quer chegar, nem na estética, nem na gramática.

 INSTRUÇÃO: Para responder às questões  3 e 4, considere o texto abaixo, de Manuel Bandeira.
Os sinos
Sino de Belém, pelos que ainda vêm!
Sino de Belém, bate  bem-bem-bem,
Sino da paixão, pelos que lã vão!
Sino da paixão, bate bão-bão-bão.

3-O poeta modernista levou em consideração para escrever seu poema:
I - o próprio som do sino.
II - o sino que existe na cidade de Belém.
III - uma maneira simples de agradar o povo do jeito que o povo fala.
IV - a paixão do povo pelo som do sino.
V - o uso de repetições para indicar o som do sino.
                 Quais estão corretas?
           (A) Apenas I e II.       (B) Apenas I e III.      (C) Apenas I e V.  
                           (D) Apenas II e III.        (E) Apenas III e IV.

4-O poeta Manuel Bandeira explorou o som para expressar o que queria dizer. Pela ordem, as duas  paiavras compostas que aparecem no poema são______ e______ . O sino de Belém refere-se aos que _______ e o sino da Paixão refere-se aos que_________ .
                    Qual a alternativa que preenche corretamente os espaços?
(A) bem-bem-bem / bão-bão-bão/ nascerão / morrerão
(B) bão-bão-bão I/bem-bem-bem/ nascerão /morrerão
(C) nascerão / morrerão;/bem / bão
(D) bem-bem-bem/nascerão/bão-bão-bão/morrerão
(E) bem-bem-bem/bão-bão-bão/morrerão/nascerão

5-Considere as seguintes afirmações sobre Macunaíma, de Mário de Andrade.
I - Há no livro uma violenta crítica à exploração da mão-de-obra imigrante, empreendida pela oligarquia paulista na indústria e na cafeicultura, durante a República Velha.
II - Macunaíma é o herói sem nenhum caráter que nasce em plena selva amazônica e, depois de algumas aventuras, parte para a cidade de São Paulo em busca de um talismã furtado,.
III - O livro é escrito numa linguagem que valoriza o falar brasileiro, baseado nas observações do autor sobre o uso cotidiano da língua portuguesa no Brasil.
                               Quais estão corretas?
              (A) Apenas I.        (B) Apenas III.       (C) Apenas I e II.      
                        (D) Apenas II e III.             (E) I, II e III.

INSTRUÇÃO: Leia o texto abaixo, fragmento de um poema de Mário de Andrade, para responder à questão:
Eu insulto o burguês! O burguês-nÍquel, o burguês-burguês!
A digestão bem-feita de São Paulo!
O homem-curval O homem-nádegasl
O homem que sendo francês, brasileiro, italiano,
é sempre um cauteloso pouco-a-pouco!

6-Considere  as  seguintes afirmações  acom respeito  ao texto:
I - O tom irreverente e agressivo do poema e as exclamações que sugerem gritos indicam a revolta contra a estrutura social, representada pela figura ridicularizada do burguês.
II - As palavras novas que aparecem no poema não têm outro significado além de demonstrar os resultados das experiências lingUísticas do poeta, que gostava de utilizar palavras estrangeiras misturadas ao português.
III - A liberdade de expressão representada principalmente pelos versos sem métrica ou rima e pelas inovações da linguagem, constituiu uma das marcas mais fortes dos escritores modernistas.
                         Quais estão corretas?
      (A) Apenas l.        (B) Apenas II.       (C) Apenas  I e III.  
                (D) Apenas II  e III.       (E) I, II  e  III.

INSTRUÇÃO: Para responder á questão 7, leia os fragentos abaixo:
Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me, embora pra Pasárgada.
                                  Manuel Bandeira

 Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta.
                                 Cecilia Meireles

7-Considere as seguintes afirmações sobre os fragmentos.
  I - No primeiro poema, percebemos a intenção de ir para uma outra terra onde tudo será melhor.
II - No segundo poema, afirma-se claramente que ser poeta é ser triste, visto que a poesia e a tristeza estão ligadas.
III -  Tanto num poema como no outro, apresenta-se uma primeira pessoa na voz poetica.
                                           Quais estão corretas?
         (A) Apenas I.        (B) Apenas  II.        (C) Apenas   III.    
                      (D) Apenas I e  III.       (E) I, II e III.

 INSTRUÇÃO: Para responder à questão 8, leia o poema abalxo, de vanos Drummond de Andrade.
No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.
Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.

8-Considere as seguintes afirmações sobre o poema.
I - Drummond rompe com uma poesia mais formal, fazendo versos livres, sem métrica regular, o que demonstra a sua tendência moderna.
II - A pedra no meio do caminho, da qual fala Drummond, pode ser interpretada como uma metáfora de nossos problemas, que temos de enfrentar e que estão sempre no nosso caminho.
III - Um dos recursos utilizados pelo poeta para marcar insistentemente a dificuldade existente na vida é a repetição da afirmativa “tinha uma pedra no meio do caminho”.
                               Quais estão corretas?
         (A) Apenas I.       (B) Apenas  II.        (C) Apenas  III.     
                      (D) Apenas I e  II.       (E) I, II  e  III.

9-Leia o poema abaixo.
Da primeira vez que me assassinaram
perdi um jeito de sorrir que eu tinha ...
Depois, de cada vez que me mataram,
 Foram levando qualquer coisa minha ...

E hoje, dos meus cadáveres, eu sou
O mais desnudo, o que não tem mais nada ...
Arde um toco de vela, amarelada ...
Como o único bem que me ficoul

Vinde, corvos, chacais, ladrões da estrada!
Ah! Desta mão avaramente adunca,
Ninguém há de arrancar-me a luz sagrada!

Aves da noite! Asas do horror! Voejai!
 Que a luz trêmula e triste como um ai,
A luz do morto não se apaga nunca!

Esse soneto faz parte do livro A Rua dos Cataventos, cujo autor é:
(A) Mário Quintana.    (B) Mário de Andrade.     
     (C) Carlos Drummond de Andrade.
(D) Manuel Bandeira.      (E) Cecília Meireles.

10-Assinale a alternativa que contém característi cas fortes do Romance de 30.
{A) Analisa e critica a realidade sem profundidade em relação ao comportamento dos personagens.
(B) Os autores preocupam-se excessivamente com descrições fantasiosas.
(C) Limita-se apenas aos aspectos regionais, considerandoos ingenuamente.
(D) Apresenta uma análise critica do interior do Brasil e um profundo estudo do comportamento dos personagens.
(E) Ambienta suas ações preferencialmente nos grandes centros urbanos.

11- Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas da frase abaixo.
____________________, em_______________ , elabora um painel da formação histórica gaúcha a partir da trajetória dos Terra Cambará, os quais vêm exercer grande poder em Santa Fé, cidade ficticia do interior do Rio Grande do Sul.
(A) Luís Antônio de Assis Brasil - A prole do corvo
(B) Érico Veríssimo - O tempo e o vento
(C) Josué Guimarães - Camilo Mortágua
(D) Érico Veríssimo - Incidente em Antares
(E ) Luís Antônio de Assis !;Irasil - Cães da provincia

12-A obra de Érico Veríssimo  “O Tempo e o Vento” pode ser considerada um romance:
      (A)   psicológico        (B) histórico       (C) vanguardista   
                          (D) didático       (E) satírico

13-Considere as afirmaçóes abaixo sobre o chamado "romance de30".
I – O Tempo e o Vento, romance histórico que narra a trajetória da família Terra-Cambará, traça, ao rriesmo tempo,  umpanorama da  formação social e política do Rio Grande do Sul.
II - O romance Os Ratos trata do cotidiano medíocre de Naziazeno, modesto funcionário públicO de Porto Alegre, que dispõe de 24 horas para saldar a conta do leiteiro.
III - Capitães da Areia retrata a infância marginalizada de Salvador (os menores abandonados), apresentando fortes críticas à sociedade burguesa da época.
     Os autores das obras citadas são, respectivamente:
 (A) Dyonélio Machado, Graciliano Ramos, Jorge Amado.
(B) Dyonélio Machado, Jorge Amado, Graciliano Ramos.
(C) Érico Vérissimo, Jorge Amado, Dyonélio Machado.
(D) Érico Veriss!mo,  Dyonélio Machado, Jorge Amado.
 (E) José  Lins do Rego, Graciliano Ramos, Cyro  Martiris.

14-Considere as seguintes afirmaçoes  sobre Nélson Rodngues.
I- É considerado um autor polêmico, não apenas pelos temas que aborda em suas peças, mas também pelas inovações que implantou no teatro nacional.
II - A Dama do Lotação; Bonitinha, mas Ordinária e Os Sete Gatinhos são importantes peças teatrais de sua autoria.
III  - Na peça Vestido de Noiva, não há obediência às regras de unidade de tempo e de espaço, comuns no teatro tradicional.
   (A)   Apenas I.           (B) Aenas II.           (C) Apenas III.   
                    (D) Apenas I e III.         (e) I, II e III.


15-Leia atentamente o trecho abaixo, extraído  do  poema de João Cabra I de Meio Neto.
                Tecendo a manhã
Um galo sozinho não tece uma manhã:
ele precisará sempre de outros galos.
De um que apanhe esse grito que ele
e o lance a outro; de um outro galo
que apanhe o grito que um galo antes
e o lance a outro; e de outros galos
que com muitos outros galos se cruzem
os fios de sol de seus gritos de galo,
para que a manhã, desde uma teia tênue,
que apanhe o grito que uni galo antes
 se vá tecendo, entre todos os galos.
De acordo com o poema, é incorreto. afirmar que:
(A) a união faz a força entre os que participam de uma tarefa.
(B) é necessário o canto de muitos galos para fazer nascer a manhã.
(C) a manhã vai nascendo aos poucos, dos gritos dos galos.
(D) o nascimento da manhã depende dos galos.
{E) alguns galos não conseguem ouvir os gritos de outroS.

16-Considere as seguintes afirmações.
I-Guimarães Rosa revolucionpu a linguagem literaria com o registro do falar do sertão mineiro, na obra Grande Sertão: Veredas.
II-Josué Guimarães, romancista gaúcho, escreveu Os Tambores Silenciosos e uma narrativa histórica chamada O Tempo e o Vento.
III-Clarice Lispector, em suas obras, fala das vivências da comunidade judaica riograndense. Escreveu O Exército de um Homem Só.
                         Ouais estão corretas?
      (A) Apenas I.        (B) Apenas II.         (C) Apenas I e II.  
                 (D) Apenas II e III.         (E) I, II e III.

17. Considere as seguintes afirmações a respeito de ficcionistas contemporâneos gaúchos.
I-  Luiz Antônio de Assis Brasil, em obras como Um quarto de légua em quadro e A prole do corvo, romances de temática histórica, expõe um retrato do passado do Rio Grande do Sul.
II - Josué Guimarães, no romance A ferro e fogo, aborda o tema da imigraçãq alemã em nosso estado.
III - Lya Luft, em romances como As parceiras e A asa esquerda do anjo, centrados na condição feminina, desenvolve temáticas intimistas.
                                Quais estão corretas?
            (A) Apenas I.         (  B) Apenas II.        (C) Apenas III.       
                           (D) Apenas II e III.       (E) I, II  e III.

18.Sobre Grande sertão: Veredas, obra de João Guimarães Rosa, é INCORRETO afirmar que:
(A) tem por narrador um ex-jagunço, Riobaldo, que conta as suas histórias para um homem da cidade.
(B) o enredo está centrado na disputa pela posse das terras entre cangaceiros e imigrantes alemães.
(C) um dos temas centrais do texto é a dúvida de Riobaldo quanto à existência ou não do demônio.
(D) está presente no texto a figura de Diadorim, jagunço mulher que tem a sua identidade revelada depois de morta.
(E) a linguagem de Guimarães é inovadora, criando uma verdadeira revolução gramatical no texto, escrito no dialeto do sertão.

19.Aiguns escritores gaúchos são conhecidos por  terem tratado do tema da imigração e do assentamento de grupos étnicos no Rio Grande do Sul. Com base nisso, estabeleça a relação entre as colunas abaixo.
 (1) Moacyr Scliar                                          (    ) Imigração açoriana
 (2) Luiz Antonio de Assis Brasil                 (    ) Imigração alemã
 (3) Josué Guimarães                                   (    ) Imigração judaica
  A sequência numérica correta, de cima para baixo, na segunda coluna, é:
   (A) 1 - 2- 3.          (B) 1 -3 - 2.         (C) 2 - 1 - 3.       
                    (D) 2 - 3 -1.           (E) 3 - 1 - 2.

INSTRUÇÃO: Considere o seguinte texto, trecho do poema Morte e vida severina, de João Cabral de Meio Neto, para responder à questão.
- O meu nome é Severino,
não tenho outro de pia.
Como há muitos Severinos,
que é santo de romaria,
deram então de me chamar
Severino de Maria;
como há muitos Severinos
com mães chamadas Maria,
fiquei sendo o da Maria
 do finado Zacarias.

Mas isso ainda diz pouco:
se ao menos mais cinco havia
com o nom Severino
filho de tantas Marias
mulheres de outros tantos
já finados Zacarias,
vivendo na mesma terra
magra e ossuda em que eu vivia.
20.Com relação ao poema, é incorreto afirmar que:
(A) o trecho faz a apresentação de Severino, o qual tenta identificar-se, mas não consegue achar algo que o distinga de outros indivíduos da sua mesma condição.
(B) o trecho apresenta marcas do interior miserável do Brasil: o homem que nem sobrenome tem e a terra pobre e árida do sertão nordestino.
(C) de acordo com o título do poema, uma vida severina é uma vida pobre e sem expectativas, assim como é o próprio Severino.
(D) Severino faz malabarismos de linguagem para explicar quem são seus pais, que ele não chegou a conhecer por estarem mortos.
(E) Severino dá a entender que, assim como ele, há muitos homens que podem ser confundidos entre si, por viverem no mesmo lugar e serem igualmente pobres.

21. Sobre João Cabral de Meio Neto pode-se afirmar que:
(A) elaborou uma poesia conservadora, retratando os costumes urbanos da geração pós-modernista.
(B) idealizou o homem do sertão brasileiro, fazendo poesias líricas e românticas.
(C) exaltou os "coronéis" latifundiários do sertão penambucano em suas poesias.
(D) seguIu a  linha subjetivaetlva centrada  no eu, fugindo da  objetivida€le e dos temas locais.
(E) escreveu Morte e Vida Severina,  história de um migrante e seu contato com a morte.

22.Assinale a alternativa que preenche correta e respectivamente as lacunas da frase.
     Os temas sociais e históricos, a verossimilhança e a perspectiva crítica são características do__________ , tendência literária do século XX, que teve em _____________ um dos seus mais importantes autores.
(A) Naturalismo - Érico Veríssimo
(B) Romantismo - Graciliano Ramos
(C) Romance de 30 - José de Alencar
(D) Romantismo - Érico Veríssimo
(E) Romance de 30 - Graciliaho Ramos

23. Considere as a afirmações abaixo, sobre a obra de Érico Veríssimo.
I - A trilogia O tempo e o Vento conta a história do Rio Grande do Sul de uma maneira heróica, trazendo como modelo de gaúcho o capitão Rodrigo Cambará.
II -O romance Incidente em Antares pode ser considerado como uma crítica indireta aos regimes autoritários, visto que a história central é justamente a denúncia da corrupção e da arbitrariedade.
III - Toda a obra de Érico Veríssimo se situa no ambiente rural, marcando fortemente a sua tendência regionalista.
                                 Quais estão corretas?
(A)   Apenas I.         (B) Apenas II.         (C) Apenas  III.    
               (D) Apenas I e II.       (E) I, II e III.

24. Considere as seguintes afirmações sobre  Nélson Rodrigues:
I - É considerado um autor polêmico, não apenas pelos temas que aborda em suas peças, mas também pelas inovações que implantou no teatro nacional.
II - A Dama do Lotação, Bonitinha mas Ordinária e Os Sete Gatinhos são importantes peças teatrais de sua autoria.
III - Na peça Vestido de Noiva, não há obediência às regras de unidade de tempo e de espaço comuns no teatro tradicional.
                         Quais estão corretas?
          (A) Apenas I.      (B) Apenas II.       (C) Apenas III.       
                (D) Apenas I e III.         (E) I, II e  III.

25. Érico Veríssimo fez sua estrela em romance com o livro Clarissa, mas foi seu romance O Tempo e o Vento que o tornou mais conhecido nacionalmente. Sobre O empo e o Vento, pode-se afirmar que:
(A) é um romance de cunho urbano, que retrata alguns dos problemas da classe média da capital gaúcha.
(B) sua história se passa exclusivamente no ambiente urbano de Porto Alegre, no século XIX.
(C) é uma obra de cunho regionalista, sendo também conhecida como romance histórico.
(D)nesse romance o autor descreve apenas perfis femininos nos quais humilha as mulheres, demonstrando sempre as suas fraquezas.
(E) nessa obra o autor não cria nenhum tipo de relação entre a sua história e a História do Rio Grande do Sul.

26.Cnsidere o que se afirma sobre Nélson Rodrigues:
I - Seu estilo renovador, expresso em Vestido se Noiva, constituiu um marco na dramaturgia brasileira.
II - Tanto em Vestido de Noiva, como nas outras peças de sua autoria, o tema dos traumas morais e sexuais está ausente.
III – Suas peças utilizam uma linguagem forma alienada da nossa realidace.
                                        Quais estão corretas?
         (A) Apenas I.      (B) Apens II.      (C) Apenas III.        
                 (D) Apenas II e III.            (E) I, II  e III.

Nenhum comentário:

Postar um comentário